Microcamp retoma investimentos em publicidade e inicia com e-Sports

Em entrevista exclusiva, o CEO Davi Tuffi fala da estratégia da iniciativa

A Microcamp retomou os investimentos em marketing esportivo com o patrocínio do torneio misto Gaming Culture Invitational, realizado no último sábado, 30 de maio. A equipe masculina da Pain Gaming venceu a Furia feminina por 3 a 0 neste torneio que contou com quatro times. Com a vitória, a Pain conquistou a premiação de 7 mil reais, já a vice FuriaA, ficou com 3 mil reais.

A transmissão online do torneio na Twitch oficial da Gaming Culture  contou com uma entrevista ao vivo e exclusiva do CEO da Microcamp, Davi Tuffi, que falou sobre o interesse da empresa em incentivar o eSport, modalidade que cresce a cada dia no Brasil e no mundo. São 75 milhões de jogadores e um faturamento em torno de US$ 1,5 bilhão.  Além disso, de acordo com o relatório 2018 Global Esports Market Report, da Newzoo, entre as pessoas que assistem com assiduidade a algum torneio de e-sports, 43%  têm entre 10 e 20 anos, público da Microcamp.

Os números da audiência também chamam a atenção. No Brasil, no ano passado, foram 21,2 milhões de espectadores (9,1 milhão dos chamados entusiastas, que assistem a pelo menos uma partida por mês, e 12 milhões de espectadores ocasionais). É a terceira maior audiência no mundo, atrás apenas da China e dos Estados Unidos.

O patrocínio sempre foi uma estratégia de comunicação na Microcamp, que ao longo de sua história, procurou associar a marca a ações de interesse público seja na área esportiva, cultural e social.

Para Davi Tuffi, ao patrocinar o torneio de e-Sport, a Microcamp está revivendo  sua tradição de apoiar o esporte brasileiro. E não pretende parar aí.  Também vai retomar investimentos em outras ações de publicidade já  a partir deste mês de junho.

Confira a entrevista aqui.